Azeitão é a designação normalmente utilizada para referir um conjunto de povoações que alcançam o expoente máximo em termos de interesse turístico nas vilas Nogueira e Fresca.

Sombreada pela serra da Arrábida, que impõe a sua presença a caminho do mar, esta área conta com a presença humana há milénios, mas foi sobretudo a partir do século XV que Azeitão ganhou prestígio, com a instalação de famílias nobres. As quintas, os palácios e as fontes que se espalham por este território são testemunhos desses tempos.

Hoje, Azeitão vale pela paz bucólica, pelo peso da História patente em cada edifício, pela simpatia dos habitantes e, em particular, pelas experiências gastronómicas que oferece. Os passeios devem ser feitos a pé. De resto, outra forma de deslocação parece completamente despropositada, pois as vilas convidam a caminhadas e merece a pena sentir o ritmo calmo do campo.

Vila Fresca de Azeitão vale pelas ruas arranjadas e as habitações floridas, muitas delas batizadas ternamente, por exemplo, como “Casa dos meus avós”. Os dias de sol como que exaltam na vila o cenário de um filme romântico de domingo à tarde, compelindo o passeio para uma agradável sensação de placidez, que torna supérfluo o uso do relógio. Imbuídos neste estado de espírito, percorre-se a Rua Almirante Reis, onde pode encontrar duas destacadas oficinas de artesanato, até chegar ao chafariz da vila. A localização, na curva da rua, quase torna impercetível a bonita fonte com duas carrancas conoadas e soleira coberta com lajes de mármore e de cantaria, algumas delas lápides com inscrições tumulares provenientes do pavimento removido da Igreja de S. Simão. Vale ainda a pena uma incursão a este templo rico em património azulejar, característico do século XVII. O muro mesmo ao lado é um dos limites da Quinta da Bacalhôa. O palácio, com entrada pela Estrada Nacional 10 e visitável apenas por marcação na Bacalhôa Vinhos de Portugal, é uma das primeiras construções portuguesas a apresentar traços renascentistas. A planta em L, as linhas direitas e simples do palácio e os jardins desenvolvidos ao redor de uma fonte são disso exemplos. Os coloridos azulejos, em formas geométricas retratando cenas simbólicas ou motivos naturalistas, seduzem qualquer olhar.

Segue-se para Vila Nogueira, onde grande parte das atracões se centra na Rua José Augusto Coelho. O Palácio dos Duques de Aveiro, a Igreja de S. Lourenço, a Fonte dos Pasmados e casa-museu da empresa vinícola José Maria da Fonseca merecem, sem dúvida, uma visita com olhar atento. Mas o genuíno encanto da vila está nas ruas que cheiram a campo, com várias lojas de artesanato, nomeadamente de latoaria, a enfeitar os passeios com os produtos em venda. A Praça da República, mais conhecida por Rossio, onde se encontra uma estátua de homenagem ao poeta e pedagogo azeitonense Sebastião da Gama (ver Museu Sebastião da Gama), é um aprazível ponto de lazer, sombreado por altos plátanos. Os azulejos, marca forte de Azeitão, são presença constante, sendo possível adquiri-los em lojas ou encontrá-los a revestir as paredes das casas.

Perca-se ainda nas restantes ruas, por exemplo na tranquila Rua de Aldeia Rica (ver Fonte da Aldeia Rica), onde um intenso cheiro a flores inebria todos os sentidos. Entre numa das pastelarias e saboreie um doce tradicional.

Conhecer Azeitão é descobrir toda uma região que, desde tempos imemoriais, sempre atraiu o Homem.

Dominada pela cordilheira da Arrábida, Azeitão dispõe de condições naturais que há milhares de anos, a tornam um local atractivo. Os mais antigos indícios da presença humana nesta área remontam ao Paleolítico.

De grande importância foi a ocupação romana, que se desenvolveu, fundamentalmente, em duas áreas: no estuário do Sado (Arrábida, Setúbal, Tróia) com uma actividade industrial ligada à salga e conservação de peixe, e em Azeitão, com actividades agrícolas.

Da presença árabe não se encontraram vestígios arqueológicos, porém, para vários autores, essa presença é certa e manifesta-se nos nomes das terras e nas actividades tradicionais, como refere Jaime Cortesão: Arrábida, a serra em cujas faldas assentam Azeitão e Aldeia (dos Irmãos) e donde manam as Ribeiras de Alcube e da Azenha, outros tantos nomes e traços da vida e cultura moçárabe, leva-nos a crer que este arrabalde já fora, durante a Idade Média, fresco lugar de recreio e vilegiatura de senhores árabes.

Mas é, sobretudo, a partir do século XV que Azeitão ganha prestígio, quando a nobreza descobre o clima ameno, a beleza e tranquilidade destas terras, abundantes em caça e pesca, e aqui constrói palacetes e quintas brasonadas, verdadeiros centros de lazer onde passava longas temporadas.

Azeitão oficialmente, União das Freguesias de Azeitão (São Lourenço e São Simão) é uma freguesia portuguesa do concelho de Setúbal, com 69,32 km² de área e 18,977 habitantes.

A costa sul da península de Setúbal é constituída por uma faixa montanhosa de natureza calcária que, numa sucessão de estratos, desce até ao mar lembrando uma gigantesca escadaria.

A natureza na Serra da Arrábida, além do relevo que a caracteriza, está essencialmente representada pela vegetação, que nos surpreende pela sua raridade e exuberância, mas também pela sua resistência às condições ecológicas tão particulares. Memória de um passado longínquo, a vegetação, que ainda hoje reveste grande parte da Serra, é o único vestígio da floresta mediterrânica do período Pré-Glassiárico sul europeu.

O valor científico e a necessidade de preservação deste património natural, levaram à classificação desta área como Parque Natural e à sua inclusão na Rede Europeia de Reservas Bioenergéticas.

Posto Municipal de Turismo – Azeitão

Praça da República, 47
2925-585 Vila Nogueira de Azeitão
Telf.: 212 180 729

Património gastronómico

O património gastronómico de Azeitão é tão prestigiado quanto o seu património histórico e cultural.

Rede escolar

Agrupamento de escolas de azeitão

ESCOLAS DO 2º E 3º CICLOS

Escola EB 2,3 de Azeitão (sede)

Rua António Maria de Oliveira Parreira,
Vila Nogueira de Azeitão
2925-507 Azeitão

Telefone: 212 197 170
Fax: 212 991 115

aveazeitao@gmail.com
www.site.aveazeitao.pt

ESCOLAS DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

EB1 da Brejoeira

Rua João Villaret
Brejos de Azeitão
2950-072 Azeitão

Telefone: 212197710/11

aveazeitao@gmail.com
www.brejoeira.blogspot.pt/

B.1 de Brejos do Clérigo

Rua de São Gonçalo Brejos do Clérigo
2925-244 Azeitão

Telefone/Fax: 212 188 232

aveazeitao@gmail.com
www.eb1-brejos-clerigos.rcts.pt

B.1 de Casal de Bolinhos

Rua do Perú
2925-206 Brejos de Azeitão

Telefone/Fax: 212 190 820

aveazeitao@gmail.com
http://casalbolinhos.blogspot.pt/

B.1 de Vila Nogueira de Azeitão

Rua Poeta Sebastião da Gama
2925-598 Azeitão

Telefone: 212 190 827

aveazeitao@gmail.com

B.1 de Vendas de Azeitão

Rua do Ervideiro Vendas de Azeitão
2925-611 Azeitão

Telefone/Fax: 212 183 670

aveazeitao@gmail.com

B.1 Vila Fresca de Azeitão

Rua da Escola
2925-479 Vila Fresca de Azeitão

Tel./Fax: 212 189 025

aveazeitao@gmail.com
www.escoladevilafresca.weebly.com

JARDINS DE INFÂNCIA

Escola Básica de Vendas de Azeitão

Rua 25 de Abril
Vendas de Azeitão
2925-460 Azeitão

Tel./Fax: 212 187 927

aveazeitao@gmail.com

Escola Básica da Brejoeira

Rua João Villaret
Brejos de Azeitão
2950-072 Azeitão

Tel: 212 197 713

aveazeitao@gmail.com
www.brejoeira.blogspot.pt/

Outras Instituições de Interesse Cultural, Desportivo e Ambiental em Azeitão


Associativismo Social e Educativo


Sorry, no posts matched your criteria.